WeCreativez WhatsApp Support
O nosso consultor, Andrew Jones, irá falar diretamente com você.
Olá, como podemos ajudar?

Blog

Gestão hídrica na propriedade leiteira

Caros produtores, em parceria com a  APIL- Associação das Pequenas Indústrias de Laticínios do Rio Grande do Sul a AJAGRO está contribuindo com as edições da Revista Leite&Queijos, no intuito de ajudá-los com informações técnicas que irão fazer a diferença no dia a dia do produtor rural. Acompanhem nossas matérias. Segue nossa primeira participação como colunista na edição 41 – junho 2019, cujo tema fala sobre a “Gestão hídrica na propriedade leiteira”.

Por: Ana Paula Silva

Startups do leite, uma evolução em tecnologia

A Embrapa sempre apoiando e incentivando as startups do leite em seu desenvolvimento e expansão na pecuária leiteira. As ideias das startups estão prontas para atender qualquer produtor que deseja aprimorar sua atividade em um cenário prático, fácil e totalmente automatizado e mais interessante ainda, com custos acessíveis. Entre  estas ideias temos o Mobimilk.

Assunto pontuado na revista novo rural confira no link abaixo:
http://www.novorural.com/edicao/23/revista-novo-rural-marco-2019

(Por Ana Paula)

Mobimilk – Uma maneira prática de ordenhar

MOBIMILK – Mobilidade na ordenha

Praticidade, limpeza, conforto para as vacas e ordenhador, baixo custo de instalação e leite de qualidade. O Engenheiro Agrícola Andrew Jones, diretor da AJAGRO, reuniu todas estas qualidades em um só equipamento e, para tanto, projetou e patenteou o MOBIMILK: uma sala de ordenha e sala do leite, construída em um chassis em ferro carbono reforçado semelhante ao módulo tipo container, que o produtor encomenda e recebe pronta na propriedade. “Não há necessidade de obras civis, apenas um ponto de energia e de água e está pronto para ordenhar” diz o engenheiro. Evitando obras civis na propriedade o produtor reduz o custo de implantação em mais de 30%, sem falar na mobilidade do equipamento.

O MOBIMILK standard que tem capacidade para ordenhar de 24 a 30 vacas/hora, vem com uma sala de ordenha canalizada completa, com capacidade para ordenhar quatro vacas por vez e uma sala de leite para o resfriador de leite. Além dos equipamentos para ordenhar as vacas, o MOBIMILK possui: contenção tipo NZ, extra forte galvanizada com regulagem para tamanho médio do rebanho, piso de borracha para conforto animal, plataforma de serviço com ergonomia correta para o ordenhador, aquecedor de água e cuba inox para limpeza de resfriador e ordenhadeira, piniqueira em aço galvanizado para recolher esterco e urina durante o processo de ordenha, sistema de destinação de efluentes através de coletor unificado, caixa de água com clorador, sala do leite totalmente fechada, farmácia veterinária e instalação elétrica e hidráulica. Com esta configuração o produtor já recebe o equipamento com o pacote completo de BPA (Boas Práticas Agropecuárias).

O MOBIMILK pode ser fabricado em módulos maiores, o que a empresa chama de projetos especiais, outra vantagem é que mais módulos podem ser acoplados ao original conforme o rebanho for aumentando, ou o produtor deseja ordenhar suas vacas mais rapidamente.

Quanto a marca da ordenha que equipa o MOBIMILK, esta pode ser de escolha do produtor. Andrew comenta, “estamos vendendo um conceito inovador para projetos em pecuária leiteira e não uma marca de ordenha”.

A versatilidade do MOBIMILK tem se comprovado em diferentes sistemas de produção de leite, tais como: MOBIMILK colocado ao lado do galpão de Compost Barn ou Free Stall, MOBIMILK pré ordenha robotizada, quando o equipamento é colocado no local prévio onde futuramente poderá ser instalado um robô de ordenha, MOBIMILK próximo ao manejo de pastagens. A AJAGRO tem um departamento especializado em desenvolver estes projetos para os produtores.

Jones conta que, após trabalhar décadas com o setor leiteiro, tanto como produtor primário de leite, bem como responsável técnico de laticínios, identificou a necessidade de melhoria de qualidade de vida do produtor de leite, onde o homem trabalhe em um ambiente limpo e correto em termos de engenharia de equipamentos, animais e pessoas. “Esta é a verdadeira sucessão familiar para o leite” comenta Jones. Pessoas e vacas devem permanecer pouco tempo do dia envolvidos com a ordenha, pois animais devem estar se alimentando ou ruminando e pessoas devem ter tempo para outras atividades na propriedade e para seu lazer.

Nas viagens que fez ao exterior conheceu equipamentos semelhantes ao seu MOBIMILK, viu então a necessidade de “tropicalizar” o equipamento para as condições do Brasil e foi assim que nasceu o projeto.

O engenheiro agrícola explica que a qualidade do leite é garantida, levando-se em conta, obviamente, a correta rotina de ordenha e a higienização dos equipamentos. O leite sai da vaca e é imediatamente resfriado e estocado no resfriador que fica dentro da sala do leite totalmente fechada, evitando a entrada de insetos e animais indesejáveis ao processo, conferindo ao leite a segurança alimentar que o produto exige.

Na segunda edição do IDEAS FOR MILK, promovido pela Embrapa Gado de Leite, em Juiz de Fora (MG), o MOBIMILK ficou em terceiro colocado, o que nos deu mais incentivo em investir no projeto.

Jones comenta que o MOBIMILK pode ser financiado pelas linhas de crédito do agro, possui código FINAME e MDA, facilitando a aquisição por parte dos produtores de leite interessados. O módulo standard custa R$68,7 mil. “Fabricamos sob encomenda, o prazo de entrega é de 45 dias, já chega testado na fazenda, é só ligar a energia e água e pôr para funcionar”.

 

(Por Ana Paula Sousa)

 

 

Mobimilk na Expodireto 2019

Produtores e amigos seguidores do MOBIMILK, estaremos na EXPODIRETO2019 em Não Me Toque-RS de 11 a 15 de março de 2019, participando do pavilhão das startups em destaque no Ideas For Milk promovido pela EMBRAPA. Sua presença é muito importante, pois queremos deixá-lo bem informado das tecnologias desenvolvidas para melhorar sua atividade leiteira.

Top